VOCÊ É MEU ANJO

Cleide Canton

 

 

Nem quero saber de que céu você caiu

e nem porque entrou assim em minha vida.

O encanto foi cortado e a magia se abriu

na mórbida face até então adormecida.

 

Foi o beijo de amor, o mais belo, mais puro

a pousar com ternura em meus lábios sem cor

que recompôs a luz onde só havia o escuro,

perfumando sonhos guardados em bolor.

 

Brotou a vida entre folhagens de esperança,

desabrochando na manhã de um novo dia

em que o orvalho fez nascer nova nuança.

 

E não percebemos que o tempo até sorria

e na euforia se perdeu, virou criança...

Contou ao mundo o que conosco acontecia.

 

SP,11/02/2006

24:30horas

FORMATAÇÃO SIMONE CZERESNIA

 

 

 
Quer enviar esta página?
Clique no Recomende.
 
 

Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

Página editada por Cleide Canton em10 de setembro de 2013

online