Sobre as ondas
Cleide Canton
 
 
Minhas histórias
deitam-se sobre as ondas
do meu mar de ousadias.
Vão de encontro
aos teus sonhos amanhecidos,
convexos nas pérolas
das tuas apatias.
Entrelaçados,
dançam em harmonia.
Embriagados,
brindam a nova coreografia.
Não é preciso chão
para os passos seguros.
Basta-lhes
a visão do possível,
a certeza do acaso,
o palpável do crível.
E perdem-se
na imensidão do horizonte
onde as águas tiveram
a sua fonte.
Bebem da nascente
que lhes devolve o frescor,
para acordarem além,
onde dormem
todos os sonhos de amor.
Minhas histórias renascem 
nas páginas douradas
e teus sonhos se perdem
nas derivas malfadadas.
Eu te conto
e tu me sonhas.
 
 
SP, 09/02/2006
22:00 horas
 
  
FORMATAÇÃO SIMONE CZERESNIA
 
 

 

 

 Copie o código para colar no scrap do Orkut
  

Página editada por Cleide Canton em 07/02/2006


online