Meus Poemas III

 

Clique no ícone para ler

 

ARQUIVO MORTO AINDA E SEMPRE
AQUELA ESTRELA ÁGUAS DE VERÃO  
ABRE OS OLHOS, CRIATURA    ADEUS  
ABRAÇA-ME   CONTA-ME 
COMO?  CALA-ME
COM AMOR E PERFUME  CARTÃO DE VISITAS 
CALA CORAÇÃO  DESDÉM  
DESCOMPLICANDO   DEU BRANCO
ETERNIDADE  ENCONTRA-ME 
EU ME VI MULHER ESTAREI CONTIGO
ETERNOS JANEIROS EMBARCO      
FALA-ME DE AMOR  FANTASIA  
FALO-TE DE MIM FALE COMIGO  
FICA UM POUQUINHO MAIS FESTA NO OUTONO 
FEITIÇO FOI A FUMAÇA

JÁ FAZ TEMPO   LEVA-ME AO TEU MAR 
MARÉ   MAIS UMA VEZ  
MEU AMOR SECRETO MEUS SONHOS
MULHER   NÃO VIU     
NOITE DE AMOR  NO SONO DO SOL
OLHOS DE AMOR   ONDE O SONHO ME DEITA
POR ACASO   POR TUA CAUSA
POSSO NÃO SER ASSIM QUANDO A NOITE DESCE 
QUANDO DOURAVAM OS ANOS QUERO-TE
RECOMEÇO SE QUERES, ASSIM SEJA
SEM RESPOSTAS SOMOS DUAS, SOMOS MAIS    
SOU QUEM FUI TOCANDO O INFINITO
VEJO VOCÊ VISÕES 

 

 

 

Página editada por Cleide Canton em 28 de outubro de 2008

 

  online