OLHOS DE AMOR
Cleide Canton
 
 
Dizem os meus olhos
o que a boca tenta esconder,
o que o coração teme revelar.
Dizem os meus olhos
que querem te amar.
 
São os desejos
bailando no espaço
das minhas ilusões,
burlando os compassos
de novas composições.
 
São as máscaras retiradas,
as verdades desvendadas
e um brilho diferente,
muito mais que contundente,
onde não mais se esconde
o que se sente.
 
São olhos
de mulher apaixonada,
inteiramente embriagada,
gritando as belezas desse sentimento
e a ventura deste momento.
 
Meus olhos
são olhos
que falam apenas de amor...
De amor que transcende
as insignificâncias,
ciúmes e intolerâncias,
que aquece e completa,
enobrece e projeta
para muito além do que se entende.
 
Meus olhos
são olhos
que falam de amor.
 
São Paulo, 13/01/2006
12:35 horas
 
 
 
 
 
 

Arte Final Cleide Canton

 

Quer enviar esta página?
Clique no Recomende.

 

Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

 

 

 

Página editada por Cleide Canton em 08 de abril de 2012

  online