EU ME VI MULHER
Cleide Canton
 
 
 
Eu te vi
e tu não me enxergaste.
Eu te olhei
e tu me ignoraste.
Eu sorri
e tu me evitaste.
Eu segui
e tu não me acompanhaste.
 
No entanto,
o encanto ficou no ar,
apenas no meu olhar.
 
Inocente,
nos meus verdes anos
nem pensei em lutar.
 
O tempo passou
e, de ti,
apenas o sonho restou.
 
Tornei a encontrar-te.
Tu me viste,
eu nem te olhei.
Em mim te fixaste,
eu te ignorei.
Tu me sorriste,
eu te evitei.
Tu me seguiste,
eu nem me voltei.
 
Vi-me refletida
no espelho do saguão.
Compreendi a razão.
Tu não quiseste
a pureza do amor
mas te queimaste todo
na chama da paixão.
 
Voltei a olhar-te
e sorri.
Tu vieste a mim
e eu menti.
Tu ficaste chorando...
Eu, sorrindo, parti.
 
SP, 06/09/2006
23:10 horas

 

 
 FORMATAÇÃO DE SIMONE CZERESNIA
 
 
Quer enviar esta página?
Clique no Recomende.
 
 

Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

Página editada por Cleide Canton em 13/11/2006

  online