Aceita com passividade
as próprias falhas e limitações
mas não te esqueças de estar vigilante,
lutando por aperfeiçoar-te.
Observa os que viveram mais
e aprenderás pelo amor.
Esqueça-os
e aprenderás pela dor.
C. Canton

 

 

Cartão editado por Cleide Canton em 23/03/2006

  online