ARABESCOS
Cleide Canton
 
 
Percebo que meus passos ondulantes
por rumos escolhidos com cuidado
desenham arabescos em dourado
por entre nuvens brancas flutuantes.
 
E vão tecendo flores no bordado
usando cores mornas, cintilantes
arrematando os pontos oscilantes
no avesso onde se alojam os pecados.
 
Em voltas tantas sigo sem temor
buscando o mesmo brilho deste amor
que a lua viu brincar no meu olhar.
 
Mas nada do que vejo ao derredor
transforma esse refrão que sei decor
nas linhas desta pauta a desbotar.
 
São Carlos, 08 de julho de 2013
01:25 horas
 
 
ARTE SIMONE CZERESNIA
 

 

Quer enviar esta página?
Clique no Recomende.

 

Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

 

Página editada por Cleide Canton em 13 de julho de 2013

  online