APOSTA
Cleide Canton
 
 
Tanto eu quis ver de novo aquele olhar
que me fez  debruçar em euforias,
mesmo em sendo num breve vacilar
da emboscada de tolas fantasias.
 
Tanto eu quis, tanta a força num desejo,
que nem mesmo entendi quando surgiste
entre rostos estranhos, num lampejo,
e depois, sem ensaios, tu partiste
 
E se quis tanto assim, mais me convenço
das razões e da força do universo
que demonstra, ao que crê, poder imenso.
 
É frustrante, na verdade, a resposta
que dançou nas vazantes do meu verso,
descrente da vitória nessa aposta.
 
SP, 19/06/2006
23:30 horas
  
FORMATAÇÃO DE SIMONE CZERESNIA
 
 
Quer enviar esta página?
Clique no Recomende.
 
 

Copie o código para colar no scrap do Orkut
 

 

Página editada por Cleide Canton em 12/09/2006

  online